TRATAMENTO E RECICLAGEM DE EFLUENTES FINAIS DE LAVANDERIAS COM USO DE CARVÃO ATIVADO DE OSSO BOVIN

O presente trabalho desenvolveu-se com o objetivo de avaliar o desempenho, em escala de laboratório, do tratamento de efluentes de lavanderias com a utilização do processo físico-químico que consiste em coagulação, floculação, decantação e posterior filtragem em colunas de adsorção de carvão ativado de osso bovino e carvão mineral (tipo antracito). Através da utilização do filtro de carvão ativado de osso bovino e o filtro de carvão ativado mineral, pode-se estabelecer uma comparação e analisar qual o melhor material a ser utilizado. O estudo consiste em retirar os sólidos em suspensão, cor e odor para recuperação da água do efluente final de lavanderia. Por ser uma indústria que demanda um grande volume de água nos seus processos de fabricação, torna-se interessante a implantação de reciclagem da água residual. Os ensaios laboratoriais consistiram-se nas seguintes etapas: coagulação, floculação, decantação e filtração. Na fase de coagulação, floculação e decantação utilizou-se o coagulante policloreto de alumínio e realizou-se o experimento no aparelho de Jar-test (teste jarros), e para filtração gravitacional colunas tipo bancada de carvão ativado de osso bovino e carvão mineral. Os resultados foram significativos em relação a todos os parâmetros analisados, conseguiu-se uma grande redução da demanda química de oxigênio, da turbidez e através da filtração com o carvão ativado de osso bovino chegou-se a ausência de cor e odor.